Quarta, 12 de Junho de 2024 21:56
62 99885-9898
Anúncio
Saúde Pressão alta

Hospital de Base de Rio Preto realiza ação de prevenção e combate à hipertenaão

Também na ocasião, todos receberam um panfleto informativo com os serviços oferecidos pelo HB Cor, um dos principais serviços de referência cardíaca do estado de São Paulo. 

26/04/2024 19h22
Por: Harley Pacola Fonte: Assessoria de Imprensa
Hospital de Base de Rio Preto realiza ação de prevenção e combate à hipertenaão

Para compartilhar informações importantes sobre a Hipertensão com colaboradores da Funfarme, o HB Cor – Centro Avançado em Cardiologia do Hospital de Base, realizou na manhã desta sexta-feira, 26, uma ação alusiva ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Centenas de pessoas passaram pelo local durante mais de quatro horas de ação.

As equipes de saúde abordaram médicos, funcionários e prestadores de serviços, além de pacientes e acompanhantes, que circulavam pelo Hall de elevadores do Hospital de Base. As pessoas foram convidadas a realizar a aferição da pressão arterial e, após a medição, recebiam orientações sobre como combater a doença.

Aqueles que apresentaram o nível de pressão arterial acima do considerado indicado eram aconselhados a buscar atendimento médico. Por ser considerada como uma doença silenciosa, na maioria das vezes a hipertensão não apresenta sintomas. Por isso, a melhor maneira de prevenção é estar com os exames de rotina em dia.

Também na ocasião, todos receberam um panfleto informativo com os serviços oferecidos pelo HB Cor, um dos principais serviços de referência cardíaca do estado de São Paulo. 

Hipertensão Arterial


Também conhecida como pressão alta, a hipertensão arterial é uma condição séria que afeta vasos sanguíneos, coração, cérebro, olhos e pode levar à falência dos rins. Em aproximadamente 90% dos casos, esta condição é hereditária, mas o estilo de vida, como o uso de tabaco, consumo excessivo de álcool, má alimentação, falta de exercício físico e estresse, também são fatores cruciais.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, nos últimos 15 anos o índice de diagnósticos de adultos hipertensos no País registrou uma alta de 3,7%. Enquanto cerca de 22,6% da população brasileira era considerada hipertensa em 2006, essa parcela passou para 26,3% em 2021. O aumento foi particularmente mais significativo entre os homens.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.